descontos
Desconto?!
29 de agosto de 2016
processo-venda-escola
Como é o processo de venda de uma escola
8 de agosto de 2018

7 Perguntas e Respostas sobre Valuation para Escolas

valuation-capa

As recentes notícias sobre aquisições de escolas parecem confirmar uma mudança estrutural no mercado de educação básica. Talvez leve alguns anos e pode ser que não aconteça de forma tão profunda quanto no ensino superior, mas é inegável que a consolidação do mercado chegou nas escolas.

Inicialmente se falava de alguns grupos educacionais ou fundos de investimentos interessados em escolas com mais de mil alunos e que fossem referências locais. Hoje, o número de compradores é bem maior e o interesse se ampliou para escolas médias com, pelo menos, 400 alunos, aumentando exponencialmente as abordagens a mantenedores de todos os estados, tanto nas capitais quanto nas cidades menores.

A Alabama Consultoria desenvolveu um serviço especializado para realizar Valuation de escolas e, nesse artigo, responde a 7 perguntas frequentes dos mantenedores.

1) O que é Valuation?

É o processo de avaliação do valor de um negócio, em nosso caso, de uma escola. Ao contratar o serviço, o mantenedor receberá um relatório completo, fundamentado na teoria de fusões & aquisições, que define um intervalo ‘justo’ para o valor de venda da escola.

2) Como realizar um Valuation sem expor minha escola ou trazer insegurança aos funcionários?

A contratação pode ser apresentada à equipe como uma assessoria na gestão, pois os dados coletados são comuns aos processos de assessoria nas áreas financeira e de marketing. Quanto à exposição das informações da escola, há cláusula de sigilo no contrato de serviços.

3) Por que minha escola deve ter uma Avaliação de Valor (Valuation)?

Um relatório de avaliação traz diversos elementos sobre o contexto, competitividade, custos e horizontes futuros que são importantes para a gestão, independentemente de estar ou não pensando na venda. Ao mesmo tempo, com o grande interesse nas aquisições no mercado de educação, é conveniente para os mantenedores conhecer o valor de seus ativos e estar melhor preparado para receber, negociar e responder a uma eventual proposta de aquisição. Da mesma forma é a melhor maneira para um acordo de compra/venda entre os sócios atuais, além de ser uma excelente indicador de performance do negócio.

4) A Avaliação de Valor (Valuation) melhora o valor de venda?

A avaliação se baseia em dados de realidade e em estimativas futuras. Ao conhecer os parâmetros que geram o resultado da avaliação, os gestores podem decidir de forma a melhorar a performance da escola e valorizar o patrimônio antes de negociar a venda.

5) Quais os principais dados a serem apresentados?

Evolução dos números de alunos, dados de receitas operacionais e complementares, descontos, planilhas de custos (folha, tributos, despesas operacionais…), passivos tributários, trabalhistas, endividamentos, ações em andamento, principais contratos que afetam o negócio (locação, sistema de ensino, estrutura societária).

6) Tem como fazer alguma estimativa rápida, mesmo que grosseira, para ter uma primeira ideia de valor da minha escola?

Há tempos atrás ouvia-se algumas estimativas sobre multiplicadores da receita mensal, por exemplo. Mas isto era numa época com negociações muito peculiares, em menor quantidade, e avaliações baseadas mais nas perspectivas pessoais de compradores e vendedores do que em métodos rigorosos de fusões e aquisições. Por isso mesmo não recomendamos que essas estimativas sejam feitas, pois podem levar a grandes erros na avaliação. Hoje em dia, alguns falam em múltiplos de EBTIDA, que é o lucro antes dos impostos sobre o lucro, dos juros, da depreciação e da amortização. Essa é uma forma de traduzir o método de avaliação mais usado: o fluxo de caixa descontado. Acontece que nem sempre é trivial chegar no EBTIDA verdadeiro (por causa do regime fiscal e de custos não mensurados) e, mais criteriosa ainda, deve ser a determinação da taxa de juros para descontar os fluxos futuros.

7) O que são contingências e como afetam a negociação?

Ao avaliar o negócio existem valores que merecem tratamento especial, pois dependem de eventos futuros, que não dependem das vontades das partes envolvidas, e que podem ou não se materializar. Por exemplo, o resultado de uma ação judicial em curso, uma obrigação tributária sujeita a cobrança posterior com multas e encargos etc. Em geral, sugerimos apurar o montante de contingências e reservar em uma conta (prevista no contrato e com condições estabelecidas para sua movimentação) para arcar com as possíveis materializações de obrigações da escola vendida. E, conforme forem vencendo os prazos de prescrição das obrigações contingenciadas, o vendedor recebe os valores sacando da conta especial. Essa medida garante mais segurança para as duas partes (vendedor e comprador).

Você tem outras perguntas ou interesse em avaliar sua escola?
Então entre em contato conosco: contato@alabama.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *